sobre a mostra hífen | programação | seis dramaturgos | blog | parceiros | equipe de criação


 

a [ mostra hífen de pesquisa-cena ] chega a sua segunda edição. realizada pelo instituto galpão gamboa e a companhia carioca teatro inominável, nesta segunda edição a mostra apresenta uma programação inédita em artes da cena na cidade do rio de janeiro. quatro espaços da cidade serão ocupados durante cinco semanas, de 01 de outubro a 02 de novembro: teatro dulcina, teatro glaucio gill, reduto e galpão gamboa.

como conceito da mostra, o hífen ressurge para tramar pontes, para conectar o que foi separado. assim, se na primeira edição (2012) o hífen costurou o espaço da universidade com o espaço da cidade, nesta nova edição a ponte será tramada entre as noções de privado e público. é a partir dessa relação que a segunda edição da hífen se apresenta, interessada em tramar pontes entre obra e espectador, entre artista e cidade, entre espaços privados e públicos.

para tanto, além de apresentar toda a sua programação com entrada franca, a mostra ainda aposta num formato diferenciado marcado pelo desdobramento da criação artística para além de sua mera exibição, chamando atenção à figura do artista-pesquisador: aquele que articula em sua criação – de maneira não hierárquica – tanto a criação de sua poética como também a reflexão de seus meandros criativos.

a programação da mostra se divide em quatro abas. são elas:

processo-aberto --- serão 03 criações cênicas ainda em sala de ensaio que abrem seus processos de criação para o público presente, compartilhando indagações e procedimentos criativos com interesse de desbravar os diferentes mecanismos para a criação artística;

pesquisa-cena --- 08 espetáculos teatrais que, em sua essência, articulam vasta pesquisa e investigação cênico-dramatúrgica, criados por novas companhias e jovens atores, dramaturgos e encenadores;

curto-circuito --- 02 encontros com artistas e pesquisadores que dialogam sobre a produção artística contemporânea junto ao público presente, a partir de implicações trazidas previamente pela curadoria da mostra e também, provocações nascidas no momento da conversa;

performance --- 05 performances criadas especialmente para a mostra que tensionam as indagações do hífen de cada edição: primeira edição (universidade-cidade) e segunda edição (privado-público).

indicada à categoria especial do segundo prêmio questão de crítica/rj, a mostra hífen de pesquisa-cena surgiu em 2012, ocupando durante oito semanas e meia a galeria marcontonio vilaça, no segundo andar do espaço cultural municipal sérgio porto, no rio de janeiro/rj. na programação da primeira edição, foram realizados ensaios-abertos de peças em processo de criação, performances, além de inúmeras apresentações de espetáculos e encontros entre artistas e pesquisadores das artes da cena.